PRÁTICAS QUE CONTRADIZEM O SUPOSTO EXCLUSIVISMO RELIGIOSO

 Por Tony Sousa



1 - CULTO DE CEIA
(ESTA REGRA TEM SIDO PRATICADA HÁ MAIS DE 30 ANOS)

Nos cultos de ceia há um pronunciamento clássico semelhante a isto: “Esta ceia não é da igreja Cristã Maranata – A ceia pertence ao Senhor e é uma ordenança DELE. Se há conosco algum irmão que seja membro de uma igreja evangélica e que está em comunhão com a sua igreja local e em comunhão com o Senhor, é convidado a participar da ceia conosco”. Em todos os cultos de ceia dos quais eu participei não houve um único evento em que o irmão de outra denominação não tenha sido tratado como membro genuíno do corpo de Cristo, seja ele calvinista, arminiano ou semi-pelagiano - pentecostal ou tradicional.

2 - RECEBIMENTO DE CRISTÃOS DE OUTRAS DENOMINAÇÕES SEM NOVO BATISMO
(ESTA REGRA TEM SIDO PRATICADA HÁ MAIS DE 30 ANOS)

Quando um pastor da Igreja Cristã Maranata recebe um cristão de outra denominação (Com carta ou sem carta de apresentação) e é constatado que o mesmo foi batizado em denominação pentecostal ou reformada, não se efetua novo batismo, pois considera-se válido o batismo realizado pelas outras denominações, pois no ato do batismo estava presente a igreja de Cristo, as testemunhas oculares e o pecador remido fez confissão diante de Deus e dos homens. A ICM considera que o testemunho das outras denominações diante de Deus é válido.

3 - MUDANÇA DE TRABALHADORES E ESTUDANTES PARA CIDADES, ESTADOS, OU PAÍSES ONDE NÃO HÁ ICM
(ESTA REGRA TEM SIDO PRATICADA HÁ MAIS DE 30 ANOS)

Nestes casos o cristão é orientado a fazer o culto no lar com a família, como todo membro da ICM o faz uma vez por semana. O mesmo deve procurar outra igreja evangélica cristocêntrica e zelosa pela palavra de Deus, pois o crente não pode viver fora da comunhão com o corpo de Cristo e nem longe da ministração da palavra.

4 - A BIBLIOGRAFIA UTILIZADA PELO INSTITUTO BÍBLICO
(DESDE O PRIMEIRO CURSO EM 2016)

O Instituto Bíblico Educacional Maranata (IBEM) utiliza como referência bibliográfica do seu curso de treinamento para obreiros publicações conhecidas e apreciadas no meio evangélico, principalmente autores pentecostais da CPAD (casa publicadora das Assembleias de Deus). As seitas cristãs não se utilizam dos conteúdos das outras denominações.

5 - SEPARATISMO ECLESIÁSTICO OU EXCLUSIVISMO RELIGIOSO?

Pelo visto o exclusivismo religioso só não tira férias na mente maquinadora de alguns desigrejados. Há alguns que por ignorância ou por fingimento confundem o antibíblico exclusivismo religioso com o separatismo eclesiástico, típico de igrejas calvinistas e igrejas pentecostalizadas advindas do calvinismo no mundo todo. Existe uma linha tênue entre a ignorância e a hipocrisia.

Mas o que é SEPARATISMO ECLESIÁSTICO? Deixemos que os nossos irmãos em Cristo presbiterianos nos explique o que é isto: https://archive.is/HBiud#selection-493.0-386.58 (Vide trecho selecionado no link).

Esta é talvez, a melhor herança que obtivemos do calvinismo. O separatismo eclesiástico impediu que certas situações mundanas adentrassem no nosso culto.